sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Propostas de Engenharia Social

Neste blogue tenho procurado ir reflectindo - de forma esporádica - sobre a lógica e mecanismos de funcionamento do sistema capitalista (é aquele que temos...).
Tudo isso - essas reflexões - na premissa de que (como dizia Kurt Lewin) «não há nada mais práctico do que uma boa teoria». Por outras palavras, na minha modesta opinião, todas as propostas que vai havendo para sair da crise e/ou para «resolver os problemas do mundo», só serão verdadeiramente eficazes se forem baseadas num conhecimento de tidpo ciêntífico sobre os referidos mecanismos (e sua lógica) do funcionamento do sistema capitalista.
Em todo o caso, no entanto, sempre será possível - nada impede - que haja soluções que «acertem» tal como acontecia com o conhecimento empirico dos engenheiros e arquitectos que construiram (ou fizeram construir) grandes estruturas físicas (aquedutos, pontes, catedrais...) sem terem conhecimento da natureza íntima da teoria gravitacional e da «atracção universal dos corpos celestes».
Pois bem, de vez em quando aparecem propostas a que talvez valha a pena prestar atenção....
É o caso de uma «proposta vinda da periferia do mundo» 
 
BUEN VIVIR

 A pedido dos seus organizadores - a Organização Não Governamental CIDAC - trago aqui a notícia de uma conferência a realizar no Auditório 3 da Fundação Gulbenkian, no próximo dia 7 de Novembro pelas 18:30.






1 comentário:

  1. Nunca serão demais os que refletem desde que não se fiquem só por aí.

    ResponderEliminar